Upherb logo

Pesquisa

Plantas Daninhas

ERVA-DE-PASSARINHO; ESPARGUTA

(Stellaria media) – Código STEME

A plântula possui folhas cotiledonares lanceoladas, com até 15mm de comprimento por 3,5mm de largura, pecioladas, com nervura mediana algo proeminente na face dorsal. Folhas verdadeiras alternas, com pecíolo pubescente e limbo ovalado-apiculado. O caule desenvolve-se rapidamente e em pouco tempo apresenta ramificações decumbentes. A coloração das folhas cotiledonares e verdadeiras é verde-clara.

Planta anual, reproduzida por sementes e alastrada pelo enraizamento dos ramos. A produção de sementes é muito grande podendo chegar a 15000 por planta. 

Herbácea, frágil, ereta ou ascendente com até 60cm de altura. Alastra-se sobre o solo por seus ramos decumbentes, ocorrendo algum enraizamento a partir dos nós.

O caule é tenro e suculento, geralmente prostrado na base e depois ascendente, muito ramificado, com até 50cm de comprimento. Superfície lisa e glabra, exceto por uma estreita linha longitudinal de curtos pelos brancos, que ocorre em lados alternados, na sequência dos entrenós. As raízes são fibrosas, aprofundando-se pouco no solo.

As folhas são simples, ocorrendo duas por nó. As inferiores com pecíolo que pode chegar a 25mm de comprimento, levemente pubescente. O comprimento dos pecíolos vai diminuindo para a parte superior da planta, sendo as últimas folhas praticamente sesseis. Limbo de elíptico-lanceolado a largamente ovalado, de ápice agudo, com até 5cm de comprimento por 2cm de largura.

A inflorescência ocorre em cimeiras terminais, folhosas, laxas e flores isoladas nas bifurcações dos ramos e nas axilas foliares. As flores com pedicelo filiforme e frágil. Cálice formado por 5 sépalas livres, oblongo-lanceoladas, com 3-6mm de comprimento, verdes. Corola com 5 pétalas livres, menores que as sépalas, com ápice partido e formando dois grandes lobos, o que à primeira vista sugere que sejam 10 sépalas, de cor branca.

Os frutos são cápsulas loculicidas ovoides, alongadas e deiscentes. O pericarpo é amarelado, brilhante, membranáceo, glabro; cápsulas envoltas pelo cálice com 5 sépalas curto-pilosas externamente, tão longas ou menos que o comprimento do fruto.

Sementes de irregularmente rugoso-orbiculares a reniformes, em contorno irregularmente angulosas ou largo ovaladas e em seção transversal transverso-oblongas, algo achatadas.

Texto adaptado de Kissmann, K. G. e Groth, D, 1999; Fotos: Mauro Antônio Rizzardi
 

Galeria de fotos

CONTATO

Entre em contato conosco

O UP-Herb – Academia das plantas daninhas disponibilizará:

  • Palestras técnicas presenciais ou online
  • Webinars
  • Cursos de curta duração
  • Treinamentos e consultoria in loco